Alginac Bula – Para que serve? Engorda? Posologia e Efeitos Colaterais

Podendo variar desde uma inflamação até uma alteração no nervo, uma das maneiras mais eficazes de aliviar a dor é buscar remédios anti-inflamatórios que contenham componentes com efeitos analgésicos. Entre eles, um medicamento que se destaca muito, principalmente pela sua ação rápida e direta na região dolorosa, é o Alginac do laboratório Merck, distribuído em forma de comprimidos e solução injetável.

Dores são sempre sintomas bem incômodos e irritantes, independente da região que esteja localizada. Quando elas aparecem, as pessoas costumam sofrer bastante, não conseguindo, até mesmo, executar as ações mais simples do seu dia a dia.

Com isso, hoje, nesse artigo, estaremos abordando informações detalhadas sobre seu uso, incluindo contraindicações e precauções que devem ser respeitadas por todos os pacientes que desejam dar início a algum tratamento com Alginac.

Para que serve o Alginac

Como mencionado na introdução inicial desse artigo, o medicamento Alginac é indicado para o tratamento da dor em algumas regiões. Os principais casos que ele é utilizado são:


  • Lombalgia: dor na região inferior das costas
  • Cervicalgias: dor na região lateral ou inferior do pescoço causada pelo mal posicionamento do mesmo durante um longo tempo
  • Braquialgias: dores em um ou nos dois braços
  • Radiculite: inflamação localizada na raiz do um dos nervos espinhais
  • Neuralgia intercostal: dor nos nervos localizados nos músculos entre as costelas
  • Síndrome do canal cárpico: dormência e formigamento na região das mãos e braços causada por danos nos nervos.
  • Fibromialgia: dor por todo o corpo durante longos períodos
  • Espondilite: inflamação na coluna vertebral.
  • Neuropatia: ocorrendo principalmente nas mãos e nos pés, é a sensação de dor e dormência causada por irregularidades nos nervos.

Vale sempre ressaltar que, independente de saber da indicação de uso do medicamento, sempre é recomendado os pacientes buscarem orientação do médico especialista, antes de dar início ao tratamento.

Como funciona o Alginac

A composição do Alginac, que combina a substância diclofenaco sódico com vitaminas B1, B6 e B12, faz com que o medicamento tenha ações analgésicas, antineuríticas e anti-inflamatórias no organismo humano.

O Alginac comprimido da início a sua ação meia hora depois do paciente fazer a ingestão do mesmo. Já a solução injetável da início da ação 20 minutos após a aplicação.

Composição do Alginac

Cada comprimido revestido de Alginac é composto pelos seguintes componentes em sua formulação:

  • 1.000 mcg de Vitamina B12
  • 50 mg de Vitamina B6
  • 50 mg de Vitamina B1
  • 50 mg de Diclofenaco sódico
  • Excipientes: talco, estearato de magnésio, lactose, celulose microcristalina, carmelose sódica, dióxido de silício coloidal, Eudragit RL 30D, macrogol, dióxido de titânio, simeticona, citrato de trietila, metilparabeno, propilparabeno, povidona e corante vermelho FDC nº 6.

Cada ampola I com 2 ml de solução injetável do Alginac é composta pelos seguintes componentes em sua formulação:

  • 100 mcg de Vitamina B6
  • 100 mg de Vitamina B1
  • Excipientes: álcool benzílico, propilenoglicol, ácido clorídrico, água para injeção.

Cada ampola II com 1 ml de solução injetável do Alginac é composta pelos seguintes componentes em sua formulação:

  • 5.000 mcg de Vitamina B12
  • 75 mg
  • Excipientes: álcool benzílico, propilenoglicol, ácido clorídrico, água para injeção.

Como usar Alginac

Alginac comprimidos

A ingestão é feita por via oral.

Os comprimidos não devem ser mastigados ou cortados no meio. Caso necessário, o paciente pode ingeri-lo junto a uma quantidade de água.

A posologia normalmente recomendada é:

  • Dose de um comprimido, de duas a três vezes no dia. Normalmente, ele deve ser ingerido depois das refeições.

Alginac injetável

A injeção deve ser aplicada por via intramuscular na região das nádegas, nunca podendo ser nos braços.

Na seringa de, no mínimo, 3 ml é necessário misturar os conteúdos presentes nas ampolas I e II do medicamento. Após o conteúdo for aberto pela primeira vez, elas devem ser utilizadas com rapidez.

A posologia normalmente recomendada é:

  • Uma injeção ao dia, não podendo ultrapassar um período de mais de dois dias de utilização.

Todas as seringas e agulhas utilizadas na aplicação deve ser jogadas foras, após serem utilizadas.

 

O médico especialista deve fazer a orientação final da utilização do Alginac tanto da dosagem, como dos horários para tomar e a duração do tratamento.

Contraindicação do Alginac

Como todos os medicamentos, o Alginac possui algumas contraindicações que uso que devem ser respeitadas por todos os pacientes que desejam iniciar o tratamento com o remédio, para evitar futuras reações indesejadas. São elas:

  • Pacientes que possuem, ou já possuíram, asma, broncoespasmo, rinite, úlcera, algum sangramento digestivo ou cerebrovascular, doença nos fígados ou rins e/ou insuficiência renal, hepática ou cardíaca
  • Pacientes com alergia, hipersensibilidade ou qualquer outro problema que possa ser causado com a utilização dos componentes presentes na formulação do medicamento, principalmente o Diclofenaco sódico.
  • Pacientes com alergia, hipersensibilidade ou qualquer outro problema que possa ser causado com a utilização de medicamentos AINEs.
  • Crianças com menores do que 12 anos de idade.
  • Pacientes com intolerância à lactose.

Efeitos colaterais do Alginac

Apesar de serem bem raros, alguns efeitos colaterais e reações adversas indesejadas podem aparecer nos pacientes que estiverem em tratamento com o medicamento Alginac. Os casos mais comuns são:

  • Redução das células nos sangue
  • Redução das plaquetas
  • Suor em excesso
  • Aumento da frequência cardíaca
  • Urticária
  • Pressão baixa
  • Retenção de líquido
  • Confusão
  • Insônia
  • Alterações psicóticas
  • Tontura
  • Dor de cabeça
  • Cansaço
  • Formigamento
  • Esquecimento repentino
  • Zumbido no ouvido
  • Edema
  • Derrame ou infarto
  • Dor na região abdominal
  • Vômito e diarreia
  • Náusea
  • Dificuldade para fazer a digestão
  • Excesso da gases
  • Perda da fome
  • Doença de Crohn
  • Gengivoestomatite
  • Glossite
  • Prissão de ventre
  • Machucados no esôfago
  • Perfuração, sangramento e ulceração gastrointestinal
  • Sentir gosto estranho na boca
  • Aumento do nível das enzimas hepáticas
  • Lesão nas células do fígado
  • Icterícia
  • Eritema
  • Síndrome de Stevens-Johnson
  • Vermelhidão
  • Eczemas
  • Dermatite
  • Queda do cabelo
  • Púrpura
  • Presença de sangue na urina
  • Insuficiência renal

Ao surgimento de qualquer uma das reações adversas citadas acima, ou outro efeito colateral que aparecer, o paciente deve procurar ajuda do médico especialista e notificar a ANVISA.

Superdosagem do Alginac

Segundo estudos, a Vitamina B1 e vitamina B12 não causam reações adversas ao ocorrer a superdosagem de ambas. Já a vitamina B6 pode causar alterações neuropáticas sensoriais, em caso de dose acima do permitido da mesma. Por fim, o diclofenaco pode causar pressão baixa, insuficiência renal, convulsões, lesões na região gastrointestinal e/ou insuficiência respiratória em pacientes de ultrapassaram o limite de dosagem da substância.

O tratamento mais efetivo para a superdosagem de vitamina B6 é a suspensão do uso do medicamento. Já em dose acima do permitido de diclofenaco, é necessário um suporte maior.

Em pacientes que utilizaram a dose em excesso do Alginac é necessário buscar um médico com urgência, levando consigo a bula e embalagem original do produto.

Precauções

Além das contraindicações, abordadas no tópico “Contraindicação do Alginac”, o paciente precisa tomar certos cuidados antes de dar início ao tratamento com o medicamento, evitando futuras reações indesejadas. São eles:

  • Mulheres grávidas ou que estejam amamentando só podem utilizar o medicamento, após orientação do médico.
  • Idosos precisam de bastante cautela para utilizar o diclofenaco, pois pode ocorrer ulceração ou sangramento gastrointestinal.
  • Pacientes que possuem, ou já tiveram, doenças cardiovasculares necessitam de um acompanhamento próximo do médico durante o tratamento com o remédio.
  • Pacientes desidratados podem sofrer com alterações e toxicidades renais ao utilizar o diclofenaco.
  • A desidratação deve ser evitado durante a utilizar de Alginac.
  • Pacientes que sofrem com insuficiência renal ou hepática devem ter cautela para fazer uso do medicamento.
  • Pacientes que possuem porfiria intermitente aguda ou lúpus eritematoso devem ter uma examinação cuidadosa do médico para dar inicio ao uso de diclofenaco.
  • Em casos de tratamento mais longos, é necessário acompanhamento médico próximo e presente.
  • O Alginac só pode ser utilizado em crianças com menos do que 12 anos de idade em caso de artrite juvenil.
  • Em casos de reações adversas como alteração na visão ou sonolência o paciente não pode praticar ações como dirigir um carro ou operar máquinas.

Interação do Alginac com outros remédios

A Vitamina B6 possui interações que devem ser evitadas com os seguintes medicamentos e substância: levodopa, tetraciclinas, anti-depressivos tricíclicos, anti-depressivos inibidores da monoaminoxidase, cicloserina, eritropoetina, hidralazina, isoniazida, penicilamina, teofilina, e 5-fluorouracil e doxirrubicina.

alginac

A Vitamina B1 possui interações que devem ser evitadas com os seguintes medicamentos e substância: digoxina, diuréticos e fenitoína.

A Vitamina B12 possui interações que devem ser evitadas com os seguintes medicamentos e substância: ácido fólico, anti-convulsivantes, bloqueadores H2, colchicina, inibidores da bomba de prótons, metformina, quimioterápicos e sequestradores de ácidos biliares.

O Diclofenaco possui interações que devem ser evitadas com os seguintes medicamentos e substância:

Ardeparina, clovoxamina, dalteparina, enoxaparina, escitalopram, femoxetina, flesinoxam, fluoxetina, fluvoxamina, nadroparina, nefazodona, parnaparina, paroxetina, pentoxifilina, reviparina, sertralina, tinzaparina, zimeldina, danaparoide, cetorolaco, metotrexato, pemetrexede, tacrolimus, acetabulol, alacepril, alprenalol, arotinolol, atenolol, befunolol, benazepril, betaxolol, bevantolol, bisoprolol, bopindolol, bucindolol, bupranolol, captopril, carteolol, carvedilol, celiprolol, cilazapril, delapril, dilevalol, enalaprilato, esmolol, espirapril, fosinopril, imidapril, labetalol, landiolol, levobetaxolol, levobunolol, lisinopril, maleato de enalapril, mepindolol, metipranolol, metoprolol, moexipril, nadolol, oxprenolol, penbutolol, pentopril, perindopril, pindolol, propranolol, quinapril, ramipril, nebivolol, nipradilol, sotalol, talinolol, temocapril, tertatolol, timolol, trandolapril, zofenopril, acetoexamida, clorpropamida, gliclazida, glimepirida, glipizida, gliquidona, gliburida, tolazamida, tolbutamida, desvenlafaxina, dicumarol, duloxetina, acenocoumarol, anisindiona, citalopram, clopidogrel, eptifibatida, milnacipram, fenindiona, fenindiona, fenprocoumona, prasugrel, venlafaxina, varfarina, amilorida, canrenoato, espironolactona, triantereno, ácido etacrínico, azosemida, bemetizida, bendroflumetiazida, bentiazida, bumetanida, butiazida, clorotiazida, clortalidona, clopamida, ciclopentiazida, ciclotiazida, furosemida, hidroclorotiazida, hidroflumetiazida, indapamida, metilclotiazida, metolazona, piretanida, politiazida, quinetazona, torsemida, triclormetiazida, xipamida, candesartana cilexetila, eprosartana, irbesartana, losartana, olmesartana medoxomil, tasosartana, telmisartana, valsartana, ciclosporina, levofloxacino, lítio, palatrexato, anlodipino, bepridil, diltiazem, felodipina, flunarizina, galopamil, isradipina, lacidipina, lidoflazina, manidipina, nicardipina, nifedipina, nilvadipina, nimodipina, nisoldipina, nitrendipina, pranidipina, verapamil e l-metilfolato.

Alginac Preço

O Imecap pode ser encontrado nas principais farmácias populares e mercados especializados,  sendo necessária a presença de uma receita médica para sua aquisição.

O preço pela caixa contendo 15 comprimidos revestido possui um preço variante de R$20 a R$25.

O preço pela caixa contendo 30 comprimidos revestido possui um preço variante de R$40 a R$45.

O preço pela caixa contendo 3 ampolas injetáveis de 1 ml + 3 ampolas injetáveis de 2 ml um preço variante de R$20 a R$25.

Pergunta dos leitores

Alginac engorda?

Não existem uma ligação direta entre entre o ganho de peso e o Alginac. Porém, o uso continuo do mesmo pode levar a retenção de líquido e dar a sensação de ganho de massa muscular.