Kaloba Bula – Posologia, Efeitos Colaterais, Aumenta a Imunidade? Preço

As doenças que ocorrem no trato respiratório estão entre as mais comuns de serem relatadas nas pessoas. Pode ser um simples resfriado ou uma intensa bronquite, os sintomas que elas apresentam, normalmente, são bem irritantes e incomodam, e muito, o ser humano, colocando em risco suas atividades e ações diárias. Com isso, diversos laboratórios desenvolveram remédios efetivos para o tratamento dessas reações.  Entre eles, um medicamento que se destaca positivamente é o Kaloba, comercializado em forma de comprimido e solução oral em gotas.

Hoje, nesse artigo, estaremos abordando informações sobre o seu uso, incluindo detalhes de contraindicações e precauções que devem ser seguidos por todos os pacientes em tratamento.

Para que serve o Kaloba

O medicamento Kaloba é indicado para o alívio e tratamento dos sintomas relacionados a diversas infecções e inflamações do trato respiratório, além da região que envolve o ouvido, nariz e garganta em geração. As principais doenças que ele ajuda a tratar são: resfriado, bronquite, sinusite, angina tonsilar e rinofaringite.

Vale ressaltar que, a utilização e administração do Kaloba só é indicada para pacientes que passaram pela orientação do médico especialista. Nunca se deve toma-lo por conta própria.


Como funciona o Kaloba

Kaloba é feito a base do extrato das raízes da planta Pelargonium sidoides, e assim, sendo considerado um medicamento fitoterápico. Esse componente tem uma ação antimicrobiana no organismo, Kaloba para que servesendo totalmente efetivo na melhora do sistema defensivo do ser humano, principalmente contra inflamações e infecções, incluindo as que atacam o trato respiratório.

Como usar o Kaloba (Posologia)

Kaloba Posologia

Kaloba gotas

A administração das gotas deve ser feita via oral.

A posologia normalmente recomendada é:

  • A dose para crianças com idade entre 1 a 6 anos é de 10 gotas, aplicada 3 vezes ao dia. A dosagem é recomendada de ser dividida nos períodos da manhã, no meio dia e à noite, antes de dormir de preferência.
  • A dose para crianças e adolescentes com idade entre 6 a 12 anos é de 20 gotas, aplicada 3 vezes ao dia. A dosagem é recomendada de ser dividida nos períodos da manhã, no meio dia e à noite, antes de dormir de preferência.
  • A dose para adolescentes e adultos com idade maior do que 12 anos é de 30 gotas, aplicada 3 vezes ao dia. A dosagem é recomendada de ser dividida nos períodos da manhã, no meio dia e à noite, antes de dormir de preferência.

Kaloba comprimidos

A administração dos comprimidos deve feita via oral.

O medicamento deve ser engolido inteiro, sem cortar no meio ou mastigar. Caso achar necessário, o comprimido pode ser administrado junto a uma quantidade de água.

A posologia normalmente recomendada é:

  • A dose para crianças e adolescentes com idade entre 6 a 12 anos é de 1 gotas, tomada 2 vezes ao dia. A dosagem é recomendada de ser dividida nos períodos da manhã e à noite, antes de dormir de preferência.
  • A dose para adolescentes e adultos com idade maior do que 12 anos é de 1 gotas, tomada 3 vezes ao dia. A dosagem é recomendada de ser dividida nos períodos da manhã, no meio dia e à noite, antes de dormir de preferência.

 

O médico especialista deve fazer a recomendação final sobre a dosagem.  Os horários para tomá-la e tempo de duração do tratamento com o medicamento.

Composição

Em cada um ml da solução oral de Kaloba, que equivale a aproximadamente 21 gotas, contém os seguintes componentes:

  • 825 mg de Extrato de raízes de Pelargonium sidoides
  • Excipientes: glicerol

Em cada comprimido de Kalobacontém os seguintes componentes:

  • 20 mg de Extrato de raízes de Pelargonium sidoides
  • Excipientes: Maltodextrina, celulose microcristalina, lactose mono-hidratada, sílica precipitada, croscarmelose sódica, estearato de magnésio, hipromelose 5 mPas, macrogol 1500, óxido de ferro amarelo (E172), óxido de ferro vermelho (E172), dióxido de titânio (E171) talco, simeticone, metilcelulose e ácido sórbico.

Contraindicação

Como todos os medicamentos, o Kaloba é contraindicado para alguns pacientes, para evitar que eles sofrem com futuras reações indesejadas. São eles:

  • Quem tenha alergia, hipersensibilidade ou qualquer outro problema que pode ser causado com os componentes presentes na formulação do medicamento.
  • Pacientes que possuam maior chances de sofrer algum sangramento.
  • Quem esteja utilizando medicamentos anticoagulantes.
  • Pacientes que sofrem, ou já sofreram, com doenças no fígado ou rins.
  • O comprimido é contraindicado para crianças com idade menor do que 6 anos. Já a solução em gotas é contraindicada para pacientes que menos do que 1 ano.

Efeitos colaterais do Kaloba

Kaloba Pelargonium Sidoides

Apesar do medicamento ser bem aceito organismo, em alguns casos raros, o Kaloba pode causar algumas reações adversas ou efeitos colaterais nos pacientes que estão em tratamento. Os que podem surgir são:

  • Dor na região do abdômen e estômago
  • Vômito e diarreia
  • Náusea
  • Cólicas e prisão de ventre
  • Sangramento nas gengivas e nariz
  • Urticária, vermelhidão e coceira cutânea
  • Alterações no fígado

Ao surgimento de qualquer um desses sintomas, ou outra reação adversa que acontecer, o paciente deve buscar ajuda médica e notificar a ANVISA.

Superdosagem

Não foram registrados muitos casos de reações e sintomas realmente incômodos em relação a superdosagem do Kaloba. Porém, caso ocorra a ingestão de doses acima do permitido do medicamento, principalmente os comprimidos, é necessário que o paciente busque ajuda médica, para evitar problemas mais graves, que podem levar, até mesmo, a possível óbito.

Precauções

Além das contraindicações, citadas no tópico “Contraindicação” desse artigo, os pacientes que pretendem administrar o Kaloba devem tomar alguns cuidados. As precauções de uso do medicamento são:

  • A solução oral em gotas possuí uma graduação alcoólica de aproximadamente 12,5%
  • Caso os sintomas não melhorarem, ou demostrarem resultados positivos, em aproximadamente uma semana, o paciente deve buscar orientação médica.
  • Mulheres grávidas ou que estão amamentando só devem fazer uso do Kaloba sob orientação do médico especialista.

Interação do Kaloba com outros remédios

Mesmo não existindo nenhum estudo que relata em interação do Kaloba com outros medicamentos, é possível que ele reage com a coadministração dele com anticoagulantes e antiagregantes plaquetários.

Sempre informe seu médico se estiver fazendo uso de algum outro medicamento, antes de dar início ao tratamento com Kaloba.

Armazenamento

O embalagem original do produto deve ser armazenado, junto com a bula, em um local com temperatura ambiente.

O Kaloba tem validade de 2 anos, após a data de fabricação, que está informada na embalagem, junto com a data de validade. Nunca o utilize vencido.

A solução oral, depois de aberta, pode ser utilizada por até 2 meses, sem perder a efetividade.

Ele deve ser mantido longe do alcance de crianças.

Kaloba Preço

O frasco de solução oral em gotas do Kaloba pode ser encontrada sendo comercializada nas principais farmácias populares. É necessário a presença de prescrição médica para sua aquisição.

O frasco com 20 ml de solução oral é comercializado pelo preço variante de R$45 a R$55.

O frasco com 50 ml de solução oral é comercializado pelo preço variante de R$70 a R$85.

Pergunta dos leitores

Kaloba aumenta a imunidade?

Sim, ele ajuda a melhorar o sistema de deseja do organismo contra alguns microrganismos.

Kaloba é indicado para bebê?

Não, nem os comprimidos, nem a solução oral em gotas é indicada para crianças com idade menor do que 1 ano de idade.

Kaloba ou Umckan, qual usar?

É muito difícil dizer qual é melhor entre Kaloba ou Umckan, pois ambos possuem ação, composição, indicação de uso e posologia muito parecidos, sendo quase como medicamentos idênticos.