Lacto Purga – O Fim da Prisão de Ventre

Constipação e prisão de ventre são problemas mais comuns do que você imagina. As fezes ficam ressecadas, duras e demorem pra passar pelos canais, o que causa demora e dor pra que ela seja eliminada. A principal forma de controlar esses males é se hidratar bastante, regularmente, e manter uma alimentação saudável, aliado a uma rotina de atividades físicas. Porém Lacto Purga também é um grande aliado contra a prisão de ventre, saiba mais sobre este medicamento lendo mais neste artigo.

Para que serve Lacto Purga

Esse medicamento é um laxante indicado para o tratamento de constipações, prisão de ventre ou sempre que for necessário facilitar a evacuação. Serve, por exemplo, para preparar pacientes para exames diagnósticos que ou procedimentos cirúrgicos que requerem limpeza intestinal.

O Lacto Purga pode ser encontrado com 5mg em caixas de 6 ou 16 comprimidos revestidos.

Como funciona o remédio Lacto Purga

O Lacto Purga age diretamente na parede do intestino estimulando os movimentos peristálticos, o que faz com que as fezes sejam empurradas para baixo e passem mais facilmente por ele. O laxante, que tem como princípio ativo o bisacodi, derivado do grupo difenilmetano, também causa um acúmulo de água no interior do intestino, amolecendo as fezes.


laxante

Como é um laxante de contato, o Lacto Purga ainda apresenta efeitos hidragogo, ou seja, purgativo, e anti-reabsortivo. Como resultado, o tempo do trânsito intestinal é reduzido. Toda essa ação tem início depois de 6 a 12 horas de ingestão do medicamento.

Composição

Bula do Lacto Purga

De acordo com a bula, elaborada pelo laboratório Cosmed, esta é a composição do Lacto Purga:

  • Bisacodil: 5mg
  • Excipiente q.s.p.: 1 comprimido revestido

(lactose monoidratada, celulose microcristalina, estearato de magnésio, talco, dióxido de titânio, copolímero de ácido metacrílico e metacrilato de metila, citrato de trietila, macrogol e corante óxido de ferro amarelo).

Como usar o Lacto Purga (Posologia)

Siga sempre a dosagem e o tempo de tratamento recomendado pelo seu médico, que irá avaliar a melhor posologia para o seu caso, levando em consideração sua idade, porte físico e intensidade dos sintomas. As recomendações abaixo são apenas para referência.

Para adultos e crianças acima de 10 anos, a dose costuma ser de dois comprimidos antes de se deitar, já que o medicamento vai agir apenas entre 6 a 12 horas depois, quando a pessoa estiver se levantando. Se ingerido pela manhã, em jejum, o efeito pode ser mais rápido. Em casos mais urgentes, pode ser aumentada para 3 ou 4 comprimidos. Mas se houver constipação crônica, o tratamento e a administração do remédio deve ser com supervisão médica. Já para crianças entre 4 e 10 anos, apenas um comprimido antes de deitar.

Essa dosagem serve tanto para constipação, prisão de ventre ou para preparação para exames. Os comprimidos devem ser engolidos inteiros, via oral, com água.

Contraindicação do Lacto Purga

Esse medicamento não deve ser utilizado por quem tem alergia ou sensibilidade a qualquer componente da fórmula (vide o item Composição). Crianças menores de 4 anos e grávidas também não podem fazer uso de Lacto Purga. Lactantes devem avaliar a relação risco/benefício com um médico. Para pessoas com as seguintes condições, há contraindicação:

  • Obstrução intestinal
  • Íleo paralítico (doença em que o intestino para de funcionar)
  • Apendicite
  • Intensa desidratação
  • Dor abdominal grave com enjoo e vômitos
  • Condições abdominais agudas (como inflamação aguda do intestino)
  • Idosos com perda de líquido
  • Pessoas com mal funcionamento dos rins

Efeitos colaterais do Lacto Purga

As reações adversas mais comuns relatadas com o uso de Lacto Purga são: cólicas ou dor abdominal, náusea, enjoo ou diarreia. Alguns sintomas incomuns, mas que também podem aparecer em alguns casos são: tontura, sangue nas fezes, vômitos ou desconforto na região do ânus.

Há ainda reações raras, mas que já foram registradas, como reações alérgicas graves, inchaço dos lábios, língua ou garganta (sintoma chamado de edema angioneurótico), desidratação, desmaios ou colite, inflamações no intestino.

Precauções

Como dito acima, o Lacto Purga não deve ser usado por crianças menores de 4 anos e grávidas. Embora não haja comprovação de que esse remédio passa para o leite materno, mulheres amamentando devem consultar a relação risco/benefício com um médico.

Mesmo no público-alvo, esse medicamento não pode ser usado por longos períodos de tratamento, já que pode causar alterações na estrutura do intestino e, com isso, favorecer o surgimento de doenças inflamatórias. O uso prolongado também pode levar à perda de líquidos, sais minerais e a diminuição de potássio no sangue. Tudo isso pode gerar desidratação ou até baixa produção de urina.

Cada comprimido desse medicamento tem 61,93mg de lactose monoidratada. Por isso, pessoas com intolerância à lactose devem avaliar a dosagem adequada para que não haja reação. Não se recomenda que o paciente dirija ou opere máquinas, já que os enjoos e vontade de ir ao banheiro podem vir a qualquer hora, além da possibilidade de ocorrer espasmo abdominal.

Superdosagem

Caso o paciente use uma dose exagerada de Lacto Purga, os efeitos colaterais podem vir de uma vez, principalmente as cólicas, diarreia e desidratação. Isso pode levar à produção excessiva do hormônio aldosterona, aumento da pressão arterial e cálculo renal. Nesse caso, procure imediatamente um hospital. Alguns dos métodos que podem ser usados pela equipe médica são a indução de vômito e a lavagem gástrica, além da necessidade de repor líquidos e nutrientes no corpo.

Interação do Lacto Purga com outros remédios

Medicamentos diuréticos, como a furosemida, e adrenocorticoides, como a dexametasona, podem ter seu efeito potencializado e, com isso, aumentar o risco de perda de sais minerais. Esse processo também pode aumentar a sensibilidade do corpo humano aos glicosídeos cardíacos, como digitálicos.

Armazenamento

Como a maioria dos medicamentos, o Lacto Purga deve ser mantido em temperatura ambiente, ou seja, entre 15° e 30°C. Sempre mantenha o remédio na embalagem original, onde estarão impressos a data de fabricação e de validade. Os comprimidos são revestidos circulares, biconvexos, lisos s amarelos. Respeite sempre os prazos e não faça uso do medicamento caso observe alguma mudança no aspecto. Cuide para que o medicamento fique fora do alcance das crianças.

Lacto Purga

Lacto Purga preço

O Meclin não é um medicamento controlado e, portanto, pode ser vendido livremente por um farmacêutico ou pela internet, nesses preços:

Lacto Purga 5mg, caixa com 6 comprimidos revestidos – média de R$ 4,00

Lacto Purga 5mg, caixa com 16 comprimidos revestidos – média de R$ 8,00

Lacto Purga Genérico

Não existe um genérico específico para o Lacto Purga, mas existem medicamentos similares como Dulcolax, Bisalax, Plesonax e Ducodil, todos com preços parecidos.

Pergunta dos leitores

Lacto Purga emagrece?

Não. A perda de peso ou de apetite não é um dos efeitos colaterais desse medicamento. Algumas pessoas recorrem a laxantes para aumentar a evacuação e, com isso, eliminar os alimentos mais facilmente. No entanto, essa prática é altamente desaconselhada e de alto risco, já que esses medicamentos podem ferir o trato intestinal quando usados sem propósito.

Quando limpamos o intestino, a barriga desincha e dá a sensação de que está menor. No entanto, esse efeito é apenas visual. Não há nenhuma perda significativa de gordura nesse processo. A melhor forma de emagrecer continua manter uma rotina de alimentação saudável, exercícios físicos e repouso.

Quando Lacto Purga faz mal?

Esse medicamento não é recomendado para crianças menores de 4 anos, grávidas e lactantes, além de idosos com perda de líquido, pessoas com obstrução intestinal, apendicite ou condições abdominais agudas. Para mais informações, consulte o item Contraindicação.

Quanto tempo demora para Lacto Purga fazer efeito?

Entre 6 a 12 horas após a ingestão. Por isso, recomenda-se o uso quando a pessoa vai dormir.