Lavitan Bula – Para que serve? Como Funciona? Como Tomar e Tipos

A melhor forma de adquirir os nutrientes, minerais e vitaminas que o nosso corpo necessita para manter o sistema imunológico forte é seguir uma dieta de alimentação saudável e completa. Fazer exercícios físicos e garantir uma boa noite de sono. E quando isso não é possível, entram em cena alguns suplementos, como o Lavitan, que vão ajudar a equilibrar o organismo e dar disposição para encarar a rotina.

Indicado para em alguns casos, em que crianças, idosos ou pessoas que trabalham demais e não conseguem manter uma rotina ideal e acabam sentindo o efeito da falta de vitaminas se manifestando em cansaço, stress e até algumas doenças.

Para que serve o Lavitan

Os tipos de Lavitan, como você verá mais abaixo, têm destinações e efeitos diferentes, específicos para certas idades ou tratamentos. Mas, no geral, essa família de medicamentos é indicada para suprir a carência de minerais e vitaminas em crianças e adultos. Ou seja, trata-se de um suplemento multivitamínico.

O Lavitan também pode ser indicado para estimular o crescimento infantil, a fertilidade, para combater o stress físico ou mental e para ausência de nutrientes em pessoas idosas. Esse remédio ainda atua como oxidante e auxilia no fortalecimento dos cabelos, da pele e das unhas, além de fortalecer o sistema imunológico como um todo.


Na composição (veja em detalhes mais abaixo) estão nutrientes como as vitaminas A, B, C, D, ferro, manganês e zinco.

Como funciona o Lavitan

Lavitan AZ

Os minerais e vitaminas que compõe o Lavitan ocupam imediatamente o espaço no nosso organismo que está deficitário de nutrientes. Geralmente isso se dá por má alimentação, falta de exercícios físicos e de uma vida saudável, no geral.

O palmitato de retinol, um dos principais componentes do medicamento, serve para fazer crescer e desenvolver o tecido epitelial do corpo, além de incentivar também o crescimento ósseo. Essa substância ainda regula o funcionamento da retina.

Já o colecalciferol ajuda a transportar o cálcio e o fósforo pelo metabolismo intestinal, renal e ósseo. A tiamina, por sua vez, age como coenzima no metabolismo dos carboidratos e na descarboxilação dos alfacetoácidos. Outro componente importante do Lavitan é a riboflavina, que ajuda no processo de respiração celular e serve como ativadora da piridoxina.

Como usar o Lavitan

Como existem diferentes tipos de Lavitan, destinados a idades e casos diferentes, a posologia varia muito. O tratamento geralmente tem duração longa, de 3 a 6 meses, e a dose costuma ser de uma drágea por dia, após o café da manhã. Para saber o modo de usar mais adequado para o seu tratamento, consulte um médico.

Lavitan Hair

Tipos de Lavitan

Ao todo, são 15 tipos desse produto:

  • Lavitan A-Z
  • Lavitan Mais A-Z
  • Lavitan Mulher
  • Lavitan A-Z Mais Mulher
  • Lavitan Hair
  • Lavitan Mais Hair
  • Lavitan Mais Beauty
  • Lavitan Mais Visão
  • Lavitan Sênior
  • Lavitan Kids
  • Lavitan Memória
  • Lavitan Energia
  • Lavitan Cálcio + D3
  • Lavitan Ômega 3
  • Lavitan Vitamina D

Para saber o mais adequado para o seu caso, consulte um médico ou acesse o site do fabricante.

Composição

De acordo com a bula, elaborada pelo laboratório Cimed, essa é a composição da versão em drágeas do Lavitan:

Porção de 0,98g (uma drágea):

  • Vitamina C: 45 mg – 100% em VD (valores diários)
  • Ferro: 10 mg – 71%
  • Vitamina B3: 13 mg – 81%
  • Zinco: 2 mg – 29%
  • Manganês: 2,3 mg – 100%
  • Vitamina B5: 5 mg – 100%
  • Vitamina A: 600 mcg – 100%
  • Vitamina B2: 1,3 mg – 100%
  • Vitamina B1: 1,1 mg – 92%
  • Vitamina B6: 0,5 mg – 38%
  • Vitamina D: 5 mcg – 100%
  • Vitamina B12: 2,4 mcg – 100%

Esse medicamento não contém quantidade significativa de valor energético, carboidratos, proteínas, gorduras totais, gorduras saturadas, gorduras trans, fibra alimentar e sódio.

Contraindicação

Esse medicamento não deve ser utilizado por quem tem alergia ou sensibilidade a qualquer componente da fórmula (vide o item Composição). Pessoas que já estejam fazendo uso de qualquer suplemento vitamínico também não devem usar esse multivitamínico, por risco de superdosagem. O remédio também não deve ser usado como suplemento dietético.

Mulheres grávidas ou com possibilidade de ficarem grávidas durante o tratamento não podem usar Lavitan.

Efeitos colaterais do Lavitan

Poucas das substâncias que compõe o Lavitan geram efeitos colaterais. A nicotinamida, a piridoxina e a vitamina A, em casos raros e apenas quando usadas em excesso, podem causar:

  • Prurido (coceira)
  • Rubor facial
  • Cefaleia
  • Náuseas e vômito
  • Neuropatia periférica

Já a vitamina C, também em casos raros e apenas em doses elevadas, pode causar dor de cabeça, enrijecimento da pele, diarreia, disúria (dificuldade e dor para urinar), uretrite e aparecimento de cálculos renais. Quando o tratamento for longo demais e sempre com doses elevadas, também poderão ser observadas manifestações de escorbuto (doença caracterizada por hemorragias, alteração das gengivas e queda da resistência às infecções).

Superdosagem

Todos os efeitos listados acima podem ocorrer somente em caso de superdosagem ou tratamentos por períodos excessivos. A única medida a ser tomada nesses casos é suspender o uso do medicamento e agendar uma consulta com o seu médico para avaliar os próximos passos.

Precauções

Como dito acima, o Lavitan não pode ser usado na gravidez, isso porque o uso de doses elevadas de vitamina A pode gerar risco de malformação do feto. O medicamento é considerado compatível com a amamentação, no entanto, mulheres lactantes devem avaliar a relação risco/benefício com um médico.

Respeite sempre a dosagem e o tempo de tratamento indicado pelo profissional de saúde. O Lavitan contém 0,5% de etanol. Isso não influencia, no entanto, a capacidade de dirigir ou operar máquinas.

Interação com outros remédios

Esse medicamento não deve ser usado por pessoas que já estejam fazendo uso de qualquer suplemento vitamínico. Doses elevadas de vitamina A, por exemplo, pode interferir com medicamentos como colestiramina, isotretinoína, orlistat e varfarina. Já o excesso de vitamina C pode deixar a urina mais ácida, o que aumentaria os níveis de ácido úrico e oxalatos. Além de diminuir a determinação de algumas enzimas do fígado.

A vitamina C também pode causar alterações laboratoriais, como afetar os testes de glicosúria ou negativar os resultados da pesquisa de sangue oculto nas fezes.

A nicotinamida, por sua vez, pode diminuir a eficácia de hipoglicemiantes orais e aumentar o risco de efeitos tóxicos de medicamentos como lovastatina, atorvastatina e sinvastatina. Já o ácido ascórbico pode reduzir a eficiência dos contraceptivos orais e aumentar a toxicidade do ferro para as células cardíacas.

Lavitan Mulher

Lavitan Preço

Os preços dos diferentes tipos de Lavitan (vide o item Tipos de Lavitan) variam entre R$ 25,00 e R$ 45,00. O medicamento pode ser comprado online.

Lavitan Genérico

O  Cloridrato de Tiamina é um medicamento genérico do Lavitan, mas, embora tenha preços mais baratos, não tem todos os nutrientes que o remédio original oferece. Há alguns medicamentos similares, como Centrum, Omacor e Beneum.

Pergunta dos leitores

Lavitan ou Centrum, qual usar?

O Centrum, apesar de ser mais caro, tem na formulação alguns nutrientes que o Lavitan não tem. No entanto, siga sempre a avaliação de um médico quanto ao remédio mais indicado para o seu caso.

Lavitan é indicado para melhorar a memória?

Sim. Se o médico avaliar que o seu problema de memória tem como uma das causas a carência de vitaminas e nutrientes, ele deverá indicar o Lavitan Memória.