Reconter – Bula, Para que Serve? Da sono? Emagrece? Efeitos Colaterais

A depressão é conhecida como o mal do século XXI. Milhões de pessoas são diagnosticadas com depressão a cada ano. Além disso, há outras situações, como ataques de pânico e ansiedade. Para combater esse problema, foram desenvolvidos alguns medicamentos mais eficientes, como o Reconter.

É bem verdade que trazem alguns efeitos colaterais, mas a vida do paciente pode melhorar muito após o seu uso. Conheça um pouco sobre um desses antidepressivos, o Reconter.

Para que serve o Reconter

Reconter nada mais é do que escitalopram, um antidepressivo inibidor seletivo da recaptação de serotonina. Uma grande vantagem deste antidepressivo é que, diferente de outros, ele não afeta ou pouco afeta outros receptores. Reconter é indicado como tratamento e prevenção de depressões, ansiedade generalizada, distúrbio do pânico e fobia social.

Escitalopram, como o Reconter, é semelhante ao citalopram, mas é terapeuticamente mais potente que este. Reconter é uma medicação de uso oral, sendo ingerido em comprimidos e, raramente, em forma líquida.


Como funciona o Reconter

A absorção de Reconter ocorre pelo trato gastrointestinal e não é influenciada pelos alimentos. O metabolismo deste medicamento ocorre principalmente pelo sistema hepático. Após a ingestão dos comprimidos, em dose única, o pico de ação ocorre cerca de cinco horas.

Antidepressivos de receptação de serotonina funcionam recuperando esse hormônio. Serotonina é conhecida por ser o hormônio do prazer e quando uma pessoa está em crise de depressão, ansiedade ou algo do tipo, seu corpo começa a eliminar a serotonina, impedindo que a pessoa sinta o prazer que antes sentia.

Reconter

A eliminação de Reconter, em sua maior parte, ocorre através da urina. Em geral, o tempo para o medicamento começar a fazer efeito real é de duas semanas. Apesar disso, pode levar até um mês para o paciente começar a se sentir confortável novamente. Antidepressivos podem funcionar de maneira diferente para cada pessoa.

O tratamento com Reconter deve durar por, no mínimo, seis meses. Não é incomum encontrar pessoas que fazem uso de Escitalopram por anos.

Reconter engorda ou emagrece?

Um efeito colateral comum do Reconter é o aumento de peso. Mas, em contrapartida, é comum também o emagrecimento. Isso porque o Reconter pode alterar o apetite do paciente, fazendo com que ele coma mais ou menos do que antes de fazer uso da medicação.

Reconter da sono?

Assim como todo antidepressivo, Reconter pode dar sono como efeito colateral. Apesar disso, seu efeito de sonolência é consideravelmente menor do que os de outros antidepressivos.

Deste jeito, antes de operar alguma máquina ou dirigir, tenha certeza de que Reconter não reagirá no seu corpo. Caso reaja com efeito de sonolência, evite essas atividades.

Como usar Reconter

A posologia de Reconter pode variar de pessoa para pessoa, assim como é modificada para diferentes diagnósticos.

Prevenção de recaída e tratamento da depressão

A dose normal recomendada é de 10 mg ao dia, sempre tomado ao mesmo horário. A dosagem pode variar, sendo aumentada para um máximo de até 20 mg por dia, de acordo com a necessidade. Geralmente são necessárias entre duas e quatro semanas para o paciente obter uma resposta antidepressiva.

Transtorno do pânico, com ou sem agorafobia

A dose na primeira semana é de 5 mg ao dia, sendo aumentada gradativamente até 10 mg por dia. Em alguns casos, apenas com autorização médica, ela pode subir para um máximo de 20 mg por dia. O lado negativo de tudo é que pacientes que sofrem com ataques de pânico podem apresentar ansiedade no início do tratamento. Situação que é revertida e normalizada nas duas primeiras semanas de uso da medicação. Dentro de três meses é possível estar totalmente estabilizado, mas ainda deverá continuar com a medicação.

Tratamento do transtorno de ansiedade generalizada (TAG)

A dose inicial deve ser de 10 mg por dia. Esta dose pode ser aumentada para 20 mg ao dia, sendo que o tratamento também pode levar 3 meses.

Tratamento do transtorno de ansiedade social (Fobia Social)

A dose de 10 mg ao dia é a dosagem usual. Conforme a resposta do paciente, a dose será diminuída para 5 mg ou aumentada para até 20 mg ao dia. O alívio dos sintomas ocorre entre 2 e 4 semanas.

Transtorno obsessivo compulsivo (TOC)

É recomendado uma dose inicial de 10 mg ao dia. A dose pode ser aumentada até 20 mg por dia.

Em geral, para tratamento em idosos, as doses mínimas e máxima recomendadas são 5 mg e 10 mg por dia. Lembrando que em todos os casos o tempo mínimo de tratamento deve ser de pelo menos seis meses.

Contraindicação do Reconter

Jamais faça uso de Reconter caso for alérgico a qualquer um de seus componentes. Além disso, não tome Reconter se estiver fazendo uso de medicamentos inibidores da monoaminoxidase (IMAO).

Caso tenha tido problema de arritmia cardíaca, não tome Reconter. Assim como não misturar esse medicamento com os de tratamento para arritmia cardíaca.

Reconter não deve ser ingerido por grávidas sem que haja a orientação do médico responsável.

Efeitos colaterais do Reconter

Assim como todos os antidepressivos, Reconter possui uma extensa lista de efeitos colaterais. São eles:

  • Reação muito comum (acontece em mais de 10% dos pacientes): náusea e dor de cabeça.
  • Reação comum (acontece entre 1% e 10% dos pacientes): aumento ou diminuição do apetite; nariz entupido ou com coriza (sinusite); ansiedade, sonhos anormais, inquietude, dificuldades para dormir, tonturas, sonolência diurna, bocejos, sensação de agulhadas na pele, tremores; constipação, diarreia, boca seca, vômitos; dores musculares e nas articulações (mialgias e artralgias); aumento do suor; distúrbios sexuais (dificuldades de ereção, retardo ejaculatório, [em mulheres] dificuldades para chegar ao orgasmo e diminuição do desejo sexual); febre, cansaço; aumento do peso.
  • Reação incomum (acontece entre 0,1% e 1% dos pacientes): sangramentos inesperados, como os gastrintestinais; eczemas (rash), urticária, coceira (prurido); agitação, ranger de dentes, nervosismo, estado confusional, ataques de pânico; alterações no paladar, alterações no sono e desmaio; distúrbios visuais, pupilas aumentadas (midríase), barulhos nos ouvidos (tinnitus); sangramento vaginal; perda de cabelo; diminuição de peso; inchaços nos braços ou pernas; aceleração dos batimentos cardíacos; sangramento nasal.
  • Reação rara (acontece entre 0,01% e 0,1% dos pacientes): caso sinta inchaço na pele, lábios, língua ou face, ou apresente dificuldades para engolir ou respirar (reação alérgica), vá diretamente para um hospital com serviço de emergência. Além disso, foram relatados casos de agressividade, alucinação, despersonalização e diminuição dos batimentos do coração.

Outros Efeitos Colaterais

Há também ocorrências de frequência desconhecidas. São elas: pensamentos suicidas e de autoflagelação; tontura ao levantar-se por queda da pressão (hipotensão ortostática); níveis diminuídos de sódio no sangue (sintomas: náuseas, fraqueza muscular, mal-estar e confusão); aumento das enzimas hepáticas no sangue; ereção dolorosa (priapismo); transtornos do movimento (movimentos involuntários dos músculos); alterações de coagulação, com sangramentos da pele e mucosas e redução no número de plaquetas no sangue (trombocitopenia); aumento da quantidade de urina excretada (secreção inadequada do hormônio antidiurético); edema agudo da pele ou mucosas (angioedemas); presença de leite em mulheres que não estão amamentando; aumento do risco de fraturas ósseas; mania; alteração do ritmo cardíaco.

Caso tenha algum dos sintomas a seguir, consulte sou médico e vá direto a um pronto socorro:

  • Dificuldade para urinar;
  • Convulsões;
  • Cor amarelada da pele ou no branco dos olhos. Podem ser sinais de problemas no fígado/hepatite;
  • Batimentos cardíacos acelerados ou irregulares, desmaios que podem ser sintomas de Torsade de Pointes.

Precauções

Converse com seu médico se:

  • tiver comprometimento do funcionamento dos rins e/ou do fígado;
  • sofrer de epilepsia;
  • possuir diabetes;
  • possuir tendência a sangramentos ou manchas roxas;
  • tiver níveis de sódio diminuídos no sangue;
  • estiver em terapia eletroconvulsiva;
  • tem ou teve problemas cardíacos ou recentemente sofreu um ataque cardíaco;
  • tiver doença cardíaca coronariana;
  • possuir baixa frequência cardíaca de repouso e/ou sabe que pode ter baixa de sal devido a vômitos e diarreia;
  • tem ou teve problemas de dilatação das pupilas (midríase);
  • tem ou teve aceleração ou irregularidade nos batimentos cardíacos, colapso, desmaios ou tontura ao levantar-se.

Interações do Reconter com outros medicamentosReconter caixa

Reconter pode interagir com:

  • Inibidores Não-Seletivos Irreversíveis da MAO (monoaminoxidase), pois pode haver desenvolvimento de síndrome serotoninérgica. O indicado é iniciar o uso do escitalopram apenas 14 dias depois da suspensão do tratamento com um IMAO irreversível;
  • Pimozida, pois pode ocasionar no aumento no AUC e Cmax da pimozida;
  • Inibidor Seletivo Reversível da MAO-A (moclobemida), pois há risco de síndrome serotoninérgica;
  • Inibidor Não-Seletivo Reversível da MAO (linezolida);
  • Inibidor Seletivo Irreversível da MAO-B (selegilina), pois há risco de síndrome serotoninérgica.

Armazenamento

Reconter deve ser mantido em temperatura ambiente (entre 15º C a 30ºC) e protegido da umidade e da luz. O número de lote, assim como as datas de fabricação e validade estão em sua embalagem.

Reconter são comprimidos revestidos, biconvexos, circulares, sulcados e de coloração branca.

Preço do Reconter

Reconter é comercializado em embalagens com 30 comprimidos de 10 mg. O preço de cada embalagem pode variar entre R$ 75 e R$ 100, de acordo com farmácia e região.

É necessária a apresentação de receita médica com retenção dela para comprar Reconter.

Reconter Genérico

Existem alguns laboratórios que fabricam e vendem genéricos de Reconter. O Oxalato de escitalopram pode ser encontrado por menos de R$ 20 em algumas farmácias populares.

Pergunta dos leitores

Este medicamento pode ser usado durante gravidez?

Não é indicado, especialmente a partir do terceiro trimestre de gravidez. Isso porque o escitalopram pode fazer com que haja distúrbios neurológicos e comportamentais para o recém-nascido.

Além disso, mulheres amamentando não devem fazer uso do medicamento, pois ele é excretado pelo leite materno.

Este medicamento pode ser usado em Idosos?

Sim, Reconter pode ser utilizado por idosos. Apesar disso, é recomendado que a dose usual deles seja apenas a metade do que a de um adulto saudável.