Secnidazol – Para que serve? Posologia e Efeitos colaterais

Secnidazol é um medicamento antiparasitário extremamente eficiente para combater as doenças as quais se propõe. Então, para saber mais sobre esse medicamento, continue lendo e descubra tudo o que você precisa saber.

Para que serve o Secnidazol

Secnidazol é um medicamento que serve para tratar os seguintes casos:

  • Giardíase (doença ocasionada por um protozoário chamado Giardia lamblia)
  • Amebíase intestinal em todas as suas formas (doença ocasionada pela ocorrência de amebas no intestino)
  • Amebíase hepática (doença ocasionada pela ocorrência de amebas no fígado.
  • Tricomoníase (doença transmitida sexualmente ocasionada por um protozoário chamado Trichomonas vaginalis)

Como funciona o Secnidazol

O secnidazol é o princípio ativo que age exterminando os parasitas (parasiticida), que pode ser utilizado para o tratamento de diversos problemas, como os citados anteriormente.


Composição do Secnidazol

Secnidazol é um medicamento de uso adulto por via oral e cada comprimidos revestido de 1000 mg contém:

secnidazol hidratado ……. 1050 mg

(correspondente a 1000 mg de secnidazol)

excipientes q.s.p. ………. 1 comprimido (celulose microcristalina, amido, amidoglicolato de sódio, povidona, dióxido de silício e estearato de magnésio).

Secnidazol Posologia (Como usar)

A posologia indica que Secnidazol Secnidazol Para Que Servedeve ser administrado por via oral, juntamente com líquido, em uma das refeições do dia, com preferencia para a noite, logo após o jantar. A posologia e a seguinte:

  • Tricomoníase: dose única de 2 comprimidos de 1.000 mg (somando 2.000 mg); é recomendado é o cônjuge utilize a mesma dosagem
  • Giardíase e Amebíase intestinal: administração de 2 comprimidos de 1.000 mg em dose única.
  • Amebíase hepática: administração de 1,5 g a 2 g por durante 5 a 7 dias.

Não existem estudos a respeito dos efeitos de secnidazol quando administrado por vias não indicadas. Sendo assim, para garantir a eficácia e segurança desse medicamento, ele só deve ser utilizado por dia oral, de acordo com a recomendação médica.

Siga sempre a orientação do médico a respeito dos horários, das doses e também da duração do tratamento. Não interrompa o uso sem que haja conhecimento médico.

Os comprimidos de Secnidazol não deve ser mastigados ou partidos.

Contraindicação do Secnidazol

Secnidazol é um medicamento contraindicado para pacientes que apresentem hipersensibilidade (alergia) a quaisquer componentes de sua fórmula. Além disso, as outras contraindicações são as seguintes:

  • Caso haja suspeita de gravidez
  • No primeiro trimestre da gestação
  • Durante a amamentação

Não existe qualquer tipo de contraindicação no que diz respeito à faixa etária do paciente.

Esse medicamento não deve ser utilizado por mulheres dentro do primeiro trimestre de gestação sem que haja orientação de um médico ou cirurgião-dentista.

Efeitos colaterais do Secnidazol

Assim como qualquer medicamento, o uso de Secnidazol pode ocasionar o aparecimento de reações indesejáveis como as descritas a seguir.

Reações de hipersensibilidade (reações alérgicas):

  • Eritema (vermelhidão)
  • Febre
  • Erupções na pele, normalmente alérgicas que causam coceira (urticária)
  • Angioedema (inchaço das mucosas ou subcutâneo)
  • Reação anafilática (alérgica)

Ainda podem ocorrer outras reações com frequência mais rara, como as descritas a seguir:

  • Erupções de pele como lesões avermelhadas e saliências;
  • Distúrbios digestivos, tais como náuseas; alteração do paladar com gosto metálico; dor no estômago (gastralgia); inflamação da língua (glossite); e inflamação da mucosa oral (estomatite)
  • Redução do número de glóbulos brancos no sangue (leucopenia moderada), que é reversível com quando a interrupção do tratamento é feita

Mais raramente ainda podem acontecer problemas neurológicos, tais como vertigens e tontura; fenômenos de falta de coordenação como a ataxia; parestesiá, que é a sensação de formigamento, ardor e coceira sentidas na pele sem que aja motivo aparente; e inflamação do nervo periférico ou do crânio (polineurites sensitivo-motoras).

Sempre informe ao farmacêutico, medico ou cirurgião dentista no caso de aparecimento de reações adversas decorrentes do uso de Secnidazol.

Superdosagem do Secnidazol

No caso de uma superdosagem com Secnidazol é necessário realizar um procedimento de lavagem gástrica o mais rápido possível e iniciar o tratamento dos sintomas conforme for necessário.

Caso ocorra o uso de uma quantidade grande desse medicamento é preciso procurar o socorro médio o mais rápido possível, levando consigo a bula ou a embalagem do produto. Para mais orientações, ligue para 0800 722 6001.

Precauções

Durante o tratamento é importante evitar o consumo de bebidas alcoólicas e até 4 dias após o seu termino.

Uso na gravidez e amamentação

Sempre informe ao seu médico sobre a ocorrência de uma gravidez no decorrer do tratamento ou depois do termino, bem como se estiver em fase de amamentação.

Esse medicamento não deve ser utilizado caso haja suspeita de gravidez, no primeiro trimestre de gestação, nem no período de amamentação.

Este medicamento não deve ser administrado em mulheres no 2º e 3º trimestre de gravidez sem que haja orientação de um médico ou cirurgião-dentista.

É indicado que se tenha um cuidado especial no uso de Secnidazol em pacientes com histórico disturbios neurológicos e de discrasia sanguínea, que é a alteração de elementos celulares sanguíneos, glóbulos brancos, glóbulos vermelhos e plaquetas.

Não existem recomendações especiais quanto ao uso de Secnidazol em pacientes idosos.

Interação do Secnidazol com outros remédios

Secnidazol

Associações medicamentosa que são desaconselháveis: dissulfiram (com risco de surto delirante) e medicamentos com álcool.

Associações medicamentosa que devem ser feitas com precaução: anticoagulantes orais como a varfarina, visto o aumento do efeito anticoagulante e o maior risco de sangramento.

É recomendado que haja um controle frequente da taxa de protrombina, que nada mais é do que a substância do sangue que atua na coagulação.

É necessário realizar um ajuste na dosagem do anticoagulantes orais por até 8 dias opôs o termino do tratamento com Secnidazol.

Sempre informe ao médico ou cirurgião-dentista caso esteja fazendo uso de qualquer outro medicamento. Nunca utilize um medicamento sem que haja conhecimento médico visto que pode trazer riscos para a saúde.

Armazenamento

Secnidazol deve ser mantido em temperatura ambiente, entre 15º e 30ºC, ao brigo de umidade e luz.

O número de lote, a data de fabricação e o prazo de validade podem ser encontrados na embalagem desse produto.

Esse medicamento não deve ser utilizado caso esteja com o prazo de validade vencido e deve sempre ser guardado em sua embalagem original.

Os comprimidos de Secnidazol 1000 mg são ovais, biconvexos, de coloração amarelada e com as duas faces lisas.

Antes de usar esse medicamento, sempre observe o aspecto dele. Caso ele ainda esteja dentro do prazo de validade mas apresente mudanças no seu aspecto físico, fale com um farmacêutico para saber se ele pode ser usado.

Todo e qualquer medicamento deve sempre sem mantido longe do alcance de crianças.

Secnidazol Preço

Para comprar esse medicamento é necessária a apresentação de receita branca comum e o seu preço pode variar de acordo com a região na qual você se encontra e o local escolhido para a compra, bem como se você vai comprar o produto referência ou o seu genérico, visto que a segunda opção costuma custar menos.

No entanto, na internet a caixa com 2 cápsulas de 1000 mg pode ser encontrada por valores entre R$ 7 e R$ 9 reais.

Secnidazol Genérico

Secnidazol já é o nome do princípio ativo e não o nome comercial do medicamento. Por isso, basta solicitar ao farmacêutico e ele irá oferecer o melhor genérico do seu local de compra.

Além disso, não se esqueça de verificar se a concentração é a mesma que você necessita.

Pergunta dos leitores

Secnidazol Candidiase

Secnidazol é um antibiótico?

Não! Secnidazol é um antiparasitário. Portanto não corta o efeito do anticoncepcional.

Secnidazol é indicado para corrimento?

Se a origem do corrimento for alguma das doenças da lista de indicações de Secnidazol, sim. No entanto, o mais indicado é procurar um médico e analisar essa secreção.

Secnidazol serve para candidíase?

Secnidazol não serve para candidíase, visto que não tem eficácia contra o fungo Candida Albicans o causador da Candidíase. Como já mencionado o Secnidazol é um medicamento antiparasitário, que combate doenças como: Amebíase, Giardíase e Tricomoníase.

Pronto, agora você já sabe mais sobre Secnidazol, como ele age, para que serve e como deve ser utilizado de acordo com cada caso.