Toragesic – Para que serve? Como Tomar? Efeitos Colaterais e Contraindicações

As dores agudas podem causar um sério problema, além de um grave desconforto para quem as está sentindo. Justamente por isso que existem remédios de rápida ação que ajudam a aliviar esse problema, como é o caso de Toragesic.

Então, para saber mais sobre esse medicamento, continue lendo e descubra tudo o que você precisa saber sobre ele.

Para que serve o Toragesic

Toragesic é um medicamento que serve para tratar, a curto prazo, a dor aguda em adultos.

Como funciona o Toragesic

O Trometamol cetorolaco, princípio ativo de Toragesic é um poderoso anti-inflamatório não esteroide, que possui ação analgésica.


Como usar o Toragesic ( Posologia )

Para pacientes que possuam até 65 anos de idade, a posologia de Toragesic recomenda é uma dose de 10 a 20 mg em dose única ou a administração de 10 mg a cada 6 ou 8 horas. No entanto, a dose diária não deve ultrapassar os 90 mg.

Em paciente com mais de 65, que possuam menos de 50 kg ou possuam insuficiência renal, a posologia recomenda uma dose de 10 a 20 mg em dose única ou a administração de 10 mg a cada 6 ou 8 horas. No entanto a dose diária de Toragesic não deve ultrapassar os 60 mg.

A duração do tratamento não deve ser maior do que 5 dias.

Composição do Toragesic

Cada comprimido sublingual de Toragesic de 10 mg contém:

trometamol cetorolaco  ………. 10 mg
excipiente*q.s.p ………. 1 comp
*sorbitol, carboximetilcelulose sódica, sacarina sódica, crospovidone, aroma limão, lactose, celulose microcristalina, estearato de magnésio, dióxido de silício.

Esse é um medicamento de uso via oral e adulto.

Para que serve o medicamento Toragesic?

Contraindicação do Toragesic

Toragesic é contraindicado para pacientes que apresentem hipersensibilidade (alergia) a quaisquer componentes de sua fórmula. Além disso, Toragesic é contraindicado nos seguintes casos:

  • Histórico ou presença de hemorragia (sangramento) gastrintestinal ou úlcera péptica.
  • Suspeita ou diagnóstico de sangramento cérebro vascular.
  • Diástase hemorrágica (inclusive distúrbios de coagulação).
  • Pacientes que estejam utilizando anticoagulantes (incluindo baixa dosagem de heparina).
  • Como profilático para analgesia antes e no decorrer de cirurgias, visto que inibe a agregação plaquetária, aumentando o risco de sangramento.
  • Pacientes em pós-operatório que tenham alto risco de hemorragia, sangramento ou homeostase incompleta.
  • Reação de hipersensibilidade a outros AINEs
  • Para pacientes cujo ácido acetilsalicílico (ou inibidores da síntese de prostaglandinas) gerem a ocorrência de reações alérgicas, visto mais probabilidade de ocorrência de reação anafilática grave.
  • Pacientes com pólipos nasais concomitante com asma brônquica.
  • Pacientes em tratamento com pentoxifilina, sais de lítio ou probenecida.
  • Desidratação ou hipovolemia
  • Insuficiência renal moderada ou grave
  • Histórico de asma

Esse medicamento contém álcool e, por isso, é contraindicado para pacientes em administração neuroaxial.

Toragesic é contraindicado para mulheres grávidas e lactantes, bem como durante o parto.

Efeitos colaterais do Toragesic

Assim como qualquer medicamento o uso de Toragesic pode ocasionar o aparecimento de reações adversas. Os efeitos adversos relatados decorrentes do uso do trometamol cetorolaco são os seguintes:

  • Distúrbios gastrintestinais: dispepsia (má digestão), náusea, desconforto abdominal (na barriga), dos gastrintestinal, gastrite, sangramento gastrintestinal, hematêmese, esofagite, eructação, diarreia, prisão de ventre (constipação), flatulência, sensação de saciedade, úlcera péptica, melena, ulceração gastrintestinal não-péptica, estomatite ulcerativa, sangramento retal, hemorragia, vômitos, perfuração e pancreatite.Toragesic da sono
  • Distúrbios do sistema nervoso central e musculoesquelético: sonolência, ansiedade, cefaleia (dor de cabeça), boca seca, suor, convulsões, nervosismo, sensação de formigamento (parestesia), pensamento anormal, distúrbios funcionais, depressão, sede excessiva, euforia, insônia, dificuldade de concentração, mal-estar, estimulação, fadiga, vertigem, visão e paladar anormais, tontura, mialgia, neurite óptica, alucinações, sonhos anormais, perda de audição, hipercinesia, tinido, meningite asséptica e reações psicóticas.
  • Distúrbios renais: oligúria, nefrotoxicidade (inclusive com aumento da frequência urinária), falência renal aguda, dor nos flancos, hiponatremia, síndrome hemolítico-urêmicam hipercalcemia, ureia e creatinina sérica aumentada, nefrite intersticial, síndrome nefrótica e retenção urinária.
  • Distúrbios cardiovasculares e hematológicos: bradicardia, rubor facial, palidez, trombocitopenia, púrpura, neutropenia, anemia aplástica, agranulocitose, hipertensão, dor torácica e palpitações.
  • Distúrbios respiratórios: edema pulmonar e dispneia.
  • Distúrbios dermatológicos: fotossensibilidade, prurido, síndrome de Lyell’s, urticária, síndrome de Stevens-Johnson, erupção cutânea maculopapular e dermatite esfoliativa.
  • Distúrbios do sistema imune: anafilaxia, edema da laringe, broncoespasmos, hipotensão, rubor facial e erupções cutâneas. As reações anafiláticas podem incluir casos fatais. essa reações ocorrem em pacientes com hipersensibilidade conhecida ou não à substância ou outros AINEs.
  • Outros: astenia, ferida hemorrágica pós operatória, edema, hematoma, ganho de peso, epistaxe, alteração em testes de função hepática (do fígado), aumento do tempo de sangramento, icterícia, hepatite, falência do fígado e febre.

Sempre informe ao seu médico sobre o aparecimento de reações indesejáveis decorrentes do uso desse medicamento. Não interrompa o tratamento se comunicar ao médico.

Precauções

A duração do tratamento com Toragesic não deve ser superior a 5 dias, a menos que haja recomendação médica.

Sempre informe ao médico sobre a presença de gravidez ou se estiver em fase de amamentação.

O médico também deve ser informado caso o paciente possua algum tipo de problema cardíaco, problemas do fígado (hepático), pressão alta (hipertensão), problemas nos rins (renal), [ulceras estomacais, problemas no estômago ou distúrbios de coagulação.

O uso desse medicamento pode causar vertigem e sonolência. Por isso é preciso cuidado ao dirigir veículos, operar máquinas ou realizar atividades que exijam atenção, visto que essas habilidades podem estar comprometidas.

Uso em pacientes idosos

Em pacientes que possuam mais de 65 anos de idade e cujo peso corporal seja inferior a 50 kg, a dose diária de Toragesic não deve exceder os 60 mg/dia.

Uso na gravidez e lactação

Toragesic é contraindicado para mulheres grávidas a menos que haja orientação de um médico ou cirurgião-dentista.

Sempre informe ao médico caso esteja grávida ou houver a intenção de engravidar, bem como sobre a ocorrência de uma gravidez no decorrer do tratamento.

O médico ou cirurgião dentista também deve ser avisado caso a mulher esteja amamentando.

Sempre informe ao médico ou cirurgião-dentista sobre o aparecimento de reações indesejáveis. Sempre informe também caso esteja fazendo uso de ouros medicamentos, mesmo aqueles que não exigem apresentação de receita.

Esse medicamento não deve ser utilizado sem que haja orientação médica.

Interação do Toragesic com outros remédios

Bula do Toragesic

Toragesic é um anti-inflamatório não esteroide e, como tal, não deve ser administrado concomitantemente com ácido acetilsalicílico ou outros AINEs,

Também é imprescindível evitar o uso de bebidas alcoólicas durante o tratamento com esse medicamento.

Quando utilizado juntamente com outros AINEs, pode haver uma elevação no risco de surgimento de reações adversas.

Já com glicorticoides e adrenocorticoides, pode haver um aumento no surgimento de reações gastrintestinais. Além dessas, veja outras interações medicamentosas de toragesic com outros medicamentos:

  • Heparina, indandiônicos, medicamentos trombolíticos alteplase, estreptoquinase, anistrelase e uroquinase) e cumarínicos: oferecem risco visto o aumento da inibição plaquetária causada pelos AINEs e aumento da possibilidade de hemorragias gastrointestinais e ulcerações.
  • Inibidores plaquetários: amenta o risco de hemorragia visto o efeito a mais na inibição da agregação plaquetária.
  • Moxalactam, cefoperazona, cefamandol, cefotetan, e plicamicina: elevação no risco de úlceras gástricas graças ao efeito hipoprotrombinêmicos e antiplaquetário.
  • Insulina e medicamentos orais para a diabetes: potencialização do efeito hipoglicemiante visto que as prostaglandinas estão envolvidas no mecanismo de regulação da glicose.
  • Anti-hipertensivos: reversão ou redução do efeito anti-hipertensivo, pela inibição das prostaglandinas renais.
  • Glicosídeos cardíacos: os AINEs podem exaltar a insuficiência cardíaca, diminuindo a taxa de filtragem glomerular, aumentando o nível dos glicosídeos cardíacos no plasma.
  • Diuréticos: pode ocorrer redução na eficácia anti-hipertensiva e diurética, elevando o risco de uma insuficiência renal secundária.
  • Colchicina: elevação nos riscos de úlceras gastrintestinais e hemorragias.
  • Compostos de ouro: aumenta o risco de ocorrência de reações adversas nos rins.

Sempre informe ao seu médico caso esteja fazendo uso de algum medicamento, mesmo aqueles que não exigem receita. Não use nenhum medicamento sem que haja orientação médica.

Toragesic Preço

Para comprar esse produto é necessária a apresentação de receita médica branca comum e o seu preço pode variar de acordo com a região na qual você se encontra e o local escolhido para a compra, bem como se você vai comprar o produto referência ou o seu genérico, visto que a segunda opção costuma ser mais barata.

No entanto, na internet, a caixa com 20 comprimidos de Toragesic de 10 mg pode ser encontrada por valores entre R$ 44 e R$ 62 reais.

Toragesic

Toragesic Genérico

 

Para encontrar o genérico desse medicamento, basta ir até a farmácia mais próxima e solicitar ao farmacêutico pelo princípio ativo da fórmula de Toragesic, que é Trometamol Cetorolaco, que é produzido por diversos outros laboratórios.

Vale lembrar que é importante observar se a concentração do medicamento genérico confere com a do medicamento referência.

Pergunta dos leitores

Toragesic serve para dor de dente?

Na bula de Toragesic não consta qualquer indicação de que ele sirva para tratar a dor de dente. No entanto, visto que é um anti-inflamatório com ação analgésica, pode haver a possibilidade de que o médico recomende o seu uso para essa finalidade.

No entanto, nenhum medicamento deve ser utilizado sem que haja orientação médica.

Toragesic da sono?

Um dos efeitos colaterais de Toragesic é a sonolência. No entanto, isso não significa que todos os pacientes em tratamento com esse medicamento apresentarão esse problema.

Toragesic serve para dor de cabeça?

Na bula também não constam indicações de que esse medicamento possa ser administrado para dores de cabeça. Por isso o mais indicado é sempre procurar orientação médica adequada.

Pronto, agora você já sabe mais sobre Toragesic, suas indicações, para que serve e como deve ser utilizado.