Velija Bula – Para Que Serve? Emagrece ou Engorda? Composição, Principio Ativo, Preço

Os medicamentos antidepressivos são uma excelente arma terapêutica, oferecendo excelentes resultados em quadros depressivos, como é o caso de Velija, que ainda serve para outras indicações.

Então, para saber um pouco mais sobre esse medicamento, continue lendo e descubra tudo o que você precisa saber sobre ele.

Para que serve o Velija

Velija é um medicamento indicado para a depressão sendo útil na melhora clínica em tratamento de até seis meses para pacientes que apresentam boa resposta inicial. Ele ainda serve para:

  • TDM – Transtorno depressivo maior
  • Dor neuropática periférica diabética
  • Fibromialgia
  • Dor crônica associado à dor lombar crônica
  • Dor crônica associada à osteoartrite do joelho
  • Transtorno de ansiedade generalizada

Como funciona o Velija (principio ativo)

Velija e um medicamento que pertence à classe dos inibidores de receptação de noradrenalina e serotonina. Assim, esse antidepressivo atua diretamente no SNC (sistema nervoso central), melhorando os sintomas de depressão em pacientes com TDM.

Melhora também sintomas dolorosos em neuropatias diabéticas e de pacientes com fibromialgia e também de dor crônica lombar ou associada à osteoartrite.

A absorção desse medicamento por via oral acontece em média, 6 a 10 horas após sua administração, podendo haver um atraso quando o medicamento é administrado tarde.

Depressao Velija

Como usar o Velija

Velija é um medicamento que deve ser administrado por via oral, independentemente das refeições e nunca em doses diárias superiores àquelas recomendadas pelo médico.

Velija para TDM

Início do tratamento com dose de 60 mg, uma vez ao dia. Em determinados casos, pode ser indicado inicial o tratamento apenas 30 mg por dia no decorrer da primeira semana, para adaptação, aumentando a dose para 60mg em seguida.

A dose máxima diária é de 120 mg não sendo havendo registros sobre a segurança de doses maiores.

Velija para dor neuropática periférica diabética

O tratamento deve ser iniciado com dose de 60 mg sendo que não há evidências de que uma dose superior ofereça benefícios adicionais.

Velija para fibromialgia

Início do tratamento com dose de 60 mg, sendo possível administrar uma dose de 30 mg na primeira semana para que o paciente se adapte, subindo para 60 mg em seguida. Não há evidencia de benefícios adicionais para doses acima de 60 mg.

Velija para estados de dor crônica em associação com dor lombar e dor causada pelo osteoartrite do joelho

Início do tratamento com dose de 60 mg, uma vez ao dia. Em determinados casos, pode ser indicado inicial o tratamento apenas 30 mg por dia no decorrer da primeira semana, para adaptação, aumentando a dose para 60mg em seguida.

Alguns pacientes podem obter benefícios adicionais com uma dose maior do que a recomendada (60mg), até a dosagem máxima de 120mg por dia.

Velija para TAG

fibromialgia Velija

Início do tratamento com dose de 60 mg, uma vez ao dia. Em determinados casos, pode ser indicado inicial o tratamento apenas 30 mg por dia no decorrer da primeira semana, para adaptação, aumentando a dose para 60mg em seguida.

Uma dose de 120 mg pode ser eficaz, mas não existem evidencias de benefícios com uma dosagem maior do que essa.

Composição

Cada cápsula de Velija 30 e 60 mg contém, respectivamente:

cloridrato de duloxetina ………. 33,7 mg*

cloridrato de duloxetina ……….. 67,3 mg**

*que equivale a 30 mgde duloxetina

** que equivale a 60 mg de duloxetina

Excipientes: manitol, sacarose, amido, laurilsulfato de sódio, hipromelose, ftalato de hipromelose, álcool cetílico e
dióxido de titânio.
Cápsulas: gelatina, metilparabeno, propilparabeno, corante amarelo de quinolina, corante amarelo crepúsculo, corante azul brilhante e dióxido de titânio.

Contraindicação

Velija é um medicamento contraindicado para pacientes que apresente reação de hipersensibilidade ao cloridrato de duloxetina ou a qualquer ingrediente da sua composição.

Além disso, ele não deve ser utilizado por pacientes que façam uso de medicamentos IMAOs, (Inibidores da monoaminoxidase), tal como a moclobemida e o sulfato de tranilcipromina. Vale lembrar que caso o paciente tenha feito uso desses medicamentos, é preciso esperar 14 dias antes de iniciar um tratamento com Velija.

Além disso, após o termino do tratamento com Velija o paciente deve esperar 5 dias para iniciar o tratamento com outros medicamentos IMAOs.

Sempre pergunte ao médico sobre a classe de medicamentos que você está utilizando.

Precauções

Os pacientes que estiverem fazendo uso de antidepressivos devem ser acompanhados e adequadamente observados no que diz respeito à uma piora clínica, bem como para casos de tentativa de suicídio ou mudanças de comportamento, principalmente nos primeiros meses do tratamento, podendo-se realizar um ajuste da dose.

Dessa forma, familiares e responsáveis por pacientes em tratamento com antidepressivos (para uso psiquiátrico ou não) devem ser alertados sobre essa necessidade de monitoramento.

Velija deve ser cuidadosamente administrado nos seguintes casos:

  • Pacientes com idade superior a 65 anos que possuam histórico maníaco
  • Pacientes que apresente histórico convulsivo
  • Pacientes com glaucoma do ângulo fechado

Distúrbios hepáticos e renais: pacientes com esses problemas apresentam uma maior concentração plasmática da duloxetina, por isso é importante que haja avaliação médica.

Enzimas hepáticas elevadas: o tratamento com Velija está associado com a elevação das enzimas hepáticas, com casos mais graves, normalmente relacionados a uma patologia pré-existente do fígado ao abuso de álcool.

Elevação da pressão sanguínea: esse medicamento pode levar a elevação da pressão sanguínea sendo recomendado que haja um acompanhamento da mesma nos pacientes hipertensos.

Hiponatremia: esse quadro foi relatado (com frequência rara), majoritariamente em pacientes idosos com pré-disposição ou desidratação.

Sangramento anormal: a duloxetina, tal como inúmeros inibidores seletivos, elevam o risco de sangramentos, inclusive gastrointestinais. Sendo assim, é importante que haja cuidado no uso concomitante com anticoagulantes e fármacos que alteram a coagulação, bem como em pacientes com tendência ao quadro.

velija para que serve

Alertas

Gravidez: visto que não existem estudos adequados a respeito do uso de Velija em gestantes, o medicamento só deve ser utilizado nesse grupo quando o benefício para a mãe justifique os possíveis riscos ao feto.

Amamentação: a substância ativa de Velija é excretada através do leite materno, por isso o uso do medicamento não é recomendado durante o período de amamentação visto que não se conhece a segurança do mesmo no uso em crianças.

Capacidade de dirigir e operar máquinas: é preciso cautela pois o uso da duloxetina por afetar essas habilidades por causa de seus efeitos indesejáveis.

Esse medicamento não é indicado para pacientes com menos e 18 anos de idade.

Efeitos colaterais do Velija

Todo medicamento pode levar ao aparecimento de reações adversas. As reações indesejáveis decorrentes do uso de Velija são as seguintes, de acordo com a frequência:

Reação indesejável muito comum

  • Náuseas
  • Boca seca
  • Dor de cabeça

Reação indesejável comum

  • Zumbido
  • Palpitação
  • Constipação
  • Diarreia
  • Visão turva
  • Vômito
  • Indigestão
  • FlatulênciaVelija Bula
  • Dor abdominal
  • Fadiga
  • Perda de peso
  • Elevação da pressão
  • Perda de apetite
  • Rigidez e/ou espasmo muscular
  • Sonolência
  • Tontura
  • Tremores
  • Parestesia
  • Alterações do orgasmo
  • Insônia
  • Redução da libido
  • Agitação
  • Ansiedade
  • Sonhos anormais
  • Mudanças na frequência urinária
  • Disfunção erétil
  • Dor de garganta
  • Suor excessivo
  • Bocejo
  • Prurido
  • Rubor

Reação indesejável incomum

  • Taquicardia
  • Vertigem
  • Midríase
  • Dor de ouvido
  • Ressecamento ocular
  • Arrotos
  • Gastroenterite
  • Gastrite
  • Hemorragia gastrintestinal
  • Disfagia
  • Sensação de frio e/ou calor
  • Mal-estar
  • Calafrios
  • Laringite
  • Contração muscular
  • Elevação do peso
  • Problemas de atenção
  • Letargia

Velija vômitos

  • Disgeusia
  • Mioclonia
  • Bruxismo
  • Desorientação
  • Noctúria
  • Apatia
  • Retenção urinária
  • Disúria
  • Redução do fluxo de urina
  • Dor nos testículos
  • Disfunção sexual
  • Disfunção menstrual
  • Fotossensibilidade
  •  Dermatite de contato

Reação indesejável rara

  • Hiporeoidismo
  • Estomatite
  • Halitose
  • Distúrbio da marcha
  • Elevação do colesterol
  • Movimentos involuntários
  • Desidratação
  • Poliúria
  • Sintomas de menopausa
  • Odor anormal da urina
  • Constrição da orofaringe

Vale lembrar que os efeitos e reações indesejáveis podem variar de acordo com a patologia que está sendo tratada. Por isso, informe sempre ao médico sobre o aparecimento de reações adversas decorrentes do uso de Velija.

Superdosagem

Os sintomas decorrentes de uma superdosagem incluem coma, sonolência, síndrome serotoninérgica, convulsões, taquicardia e vômitos.

Ainda não é conhecido nenhum antídoto para a duloxetina, por isso, é preciso averiguar as condições em que o paciente se encontra, especialmente o estado respiratório e os batimentos cardíacos.

Pode ser recomendada a realização de uma lavagem gástrica caso a ingestão excessiva tenha ocorrido há pouco tempo. O carvão ativado também pode ser administrado como forma de reduzir a absorção da substância.

Caso alguém faça uso de uma quantidade excessiva do medicamento, é importante procurar o socorro médico imediatamente, levando consigo a bula ou a embalagem do medicamento. Para mais informações, ligue para 0800 722 6001.

Velija Bula engorda

Interação do Velija com outros remédios

É preciso cautela na administração concomitante de Velija com os seguintes fármacos e substâncias:

  • ATCs – antidepressivos tricíclicos
  • Antibióticos cm base na quinolona e fluvoxamina (inibidores da enzima CYP1A2)
  • Medicamentos com substâncias que sejam metabolizadas pela enzima CYP2D6, tais como inibidores seletivos da receptação de serotonina e a paroxetina.
  • Medicamentos que apresentem atividade serotoninérgica, tais como triptanos, ISRS e tramadol.
  • Medicações que atuem no SNC
  • Fármacos que apresentem alta ligação com as proteínas sanguíneas.

Sempre converse com o médico e informe sobre todos os medicamentos que você estiver fazendo uso, ou tenha feito uso nos últimos 14 dias.

Velija Preço

Para comprar esse medicamento é necessária a apresentação de receita médicaC1 branca de 2 vias e o seu preço pode variar de acordo com a região na qual você se encontra e o local escolhido para a compra, bem como se você vai comprar o produto referência ou o seu genérico, visto que a segunda opção costuma custar menos.

Cloridrato de Duloxetina genérico-do Velija

No entanto, na internet, a caixa com 30 cápsulas de 60 mg de Velija pode ser encontrada por, em média, R$ 130 reais. Já a caixa com 30 cápsulas de 30 mg de velija pode ser encontrada por, em média, R$ 65 reais.

Velija Genérico

Para encontrar um medicamento genérico de Velija, basta ir até a farmácia e solicitar ao farmacêutico pelo princípio ativo do mesmo, que é o cloridrato de duloxetina. No entanto, é importante lembrar que sempre se deve verificar a concentração para ver se está de acordo com o que foi indicado pelo médico.

Pergunta dos leitores

Velija emagrece ou engorda?

Assim como é possível ver nas reações indesejáveis, o uso desse medicamento pode levar tanto ao aumento de peso (com frequência incomum) quanto à perda de peso (com frequência comum).

Por ser uma reação adversa, pode ser ainda que nenhum desses dois efeitos se manifeste no paciente, dependendo do organismo de cada um.

Velija causa dependência?

Não, o uso do cloridrato de duloxetina não leva à dependência. No entanto, caso o paciente não esteja se sentindo bem com o tratamento, o mais indicado é conversar com o médico sobre a troca da medicação.

Pronto, agora você já sabe um pouco mais sobre Velija, como age, para que serve, como utilizar e muito mais.